sexta-feira, maio 11, 2007

Botafogo 2 x 1 Atlético Mineiro

Depois do desastre de domingo, e dos sucessivos jogos sendo prejudicado por árbitros com intenções pra lá de duvidosas... eis que o trio gaúcho capitaneado pelo coleguinha Carlos Eugênio Simon, nos deu uma mãozinha na vitória sofrida contra o Atlético Mineiro, numa autêntica final antecipada da Copa do Brasil, que nos valeu a classificação para a semifinal, contra o Figueirense.

O lance decisivo foi no último minuto, quando Alex derrubou Tchô dentro da área. Só que não dizem que o Botafogo estava com apenas nove homens, pois Leandro Guerreiro fora expulso e Lúcio Flávio saído contundido após as três substituições. Além disso, o jovem meia atleticano se jogou com muita vontade após um leve toque na perna, o que certamente induziu o juiz a pensar que ele tinha se atirado para cavar o pênalti, talvez isso explique a não marcação da penalidade.

Não me sinto vingado, nem gosto de ganhar desse jeito, ao contrário do que muitos imaginam. Eu preferia que os árbitros fossem profissionais e errassem menos em todos os jogos. Assim, não haveria espaço para questionamento da lisura de todos eles a cada falha, especialmente em jogos decisivos como o de domingo e o de ontem.

::: No próximo post, os bastidores :::

Nenhum comentário: